Katana T10 Tsuru

Katana T10 Tsuru
Katana T10 Tsuru Katana T10 Tsuru
Modelo: SE0001
Disponibilidade: Sem Estoque
Preço:
R$1.240,00

Qtd:  
   - OU -   

Katana T10 - Hamon Real - Modelo Tsuru

Espada real. Forjada à mão. Em aço T10, o mais recomendado para espadas de alta peformance (leia a seção "saiba mais"), com: hamon real, tsuka ito em seda, e same em couro de arraia original. O tsuba é em estilo sukashi tsuru, um dos estilos mais clássicos e considerado de bom gosto já feitos na história do Japão. A qualidade de uma lâmina moderna, feita em aço 99,99% puro, combinada à beleza e à funcionalidade de um koshirae em estilo tradicional.

É fornecida com bolsa (bokuro) grátis! E com certificado de autenticidade.

SAIBA MAIS:

Nos dias de hoje, existem três tipos básicos de espadas em estilo japonês: as ornamentais, as "reais", e as nihonto.

Espadas ornamentais são as produzidas com matéria-prima de baixa qualidade, e não emulam, nem esteticamente, as armas históricas. Entre os materiais empregados em sua produção estão: aço inox, ligas de zinco, plástico, algodão, nylon etc. Seus hamons são produzidos por meio de ácidos ou de escovas de aço, sendo totalmente falsos. Essas espadas são, geralmente, compradas por iniciantes, que se arrependem, mais tarde. São inúteis, tanto como espadas quanto como objetos de decoração (mesmo princípio de que um Rolex descaradamente falso não embeleza ninguém). Acabam por contribuir apenas para entulhar o ambiente.

Espadas reais, caso do nosso modelo, são aquelas dotadas de lâminas com alto teor de carbono e com hamon (têmpera) real, e são forjadas, nunca fundidas. Obviamente, suas espigas são completas (full tang). Sua forma e sua montagem devem seguir o mesmo padrão das nihonto, nunca são usados parafusos ou rebites para fixar as partes. Suas demais peças devem ser feitas em materiais reais, como couro de arraia real, chifre de búfalo real, seda etc. Apesar de poderem ser esteticamente como as nihonto, são produzidas com aços modernos, que chegam a ser 99,99% livres de impurezas, gerando resultados em performance que podem superar as espadas antigas e as tradicionais.

Nihonto são as espadas feitas no Japão, por determinados armeiros registrados, ou espadas antigas, também, manufaturadas naquele país. São forjadas com tamahagane (aço jóia), que é produzido em tataras (fornalhas tradicionais). Esse aço contém índices muito elevados de impurezas, já que é obtido por meios tradicionais. Uma busca rápida vai revelar diversos artigos com o título "Desmistificando o Aço Japonês", tanto em português como em inglês. Ao longo dos séculos, os armeiros japoneses desenvolveram diversas técnicas de laminação, no objetivo de fortalecer a espada. Apesar da matéria-prima rudimentar, a maestria no processo de manufatura lhes rendeu a fama de forjarem as melhores lâminas do mundo.

As nihonto com laminação do estilo maru (simples) são, na maioria das vezes, consideradas as mais pobres. Porque as técnicas de laminação visavam justamente compensar o problema da matéria-prima. Contudo, no passado, muitos armeiros importaram aço de melhor qualidade, o que dispensava técnicas muito elaboradas para se conseguir grandes resultados.

Segundo John M. Yumoto:

"...After 1.600 imported steel was used extensively by several smiths..." 

"...Maru-gitae (...) smiths of the New Sword period and those who used imported steel often employed this construction. Swords of this type usually reveal a (...) grainless appearance on their surfaces..." Yumoto, John M. The Samurai Sword a Handbook, Tokyo, 1958, Tuttle Publishing, 94p, 98p.

Tradução livre:

"...Após 1.600 aço importado foi extensivamente usado por diversos ferreiros..."

"...Maru-gitae (...) ferreiros do período da Nova Espada e aqueles que usavam aço importado geralmente empregavam essa construção. Espadas desse tipo normalmente revelam uma (...) aparência sem granulações em suas superfícies..."

Se a matéria-prima é um aço puro, não existe razão para laminações complexas, que poderiam, pelo contrário, enfraquecer a lâmina, gerando kizus (imperfeições), caso bolsas de ar fossem deixadas entre as folhas, algo que acontecia com frequência, e ainda acontece. Logo, a laminação Maru-gitae é mais indicada, quando trabalhando com matéria-prima moderna.

Entre os aços usados na produção de espadas reais, podemos destacar: os aços carbono 1060, 1095 etc; os spring steeel; o T10; etc. Todos esses aços podem gerar espadas de grande qualidade. O que conta mais é o processo de forja, o tratamento térmico etc. Apesar de um aço ter determinada dureza, quando ainda é um billet não trabalhado, essa característica pode mudar ao se forjar a lâmina, podendo o artesão aumentar ou diminuir a dureza do mesmo. O tipo de aço utilizado é apenas uma referência. Usar um bom aço como base facilita o trabalho. O T10 é um aço de ótima qualidade, usado em brocas e ferramentas de corte de alta velocidade, inclusive, usadas para perfurar rochas. Entre os aços que testamos, o melhor resultado, em lâminas de têmpera diferenciada (dura e mole), com hamon, foi alcançado com o T10.

Os aços que devem ser evitados a todo custo, apesar da crença popular em sua superioridade, são os dobrados e os aços de damasco. Como discutido anteriormente, a laminação pode gerar imperfeições na lâmina, o mesmo pode acontecer ao dobrar. É necessária a prática de anos e anos para dominar o processo, e o mesmo é demorado e trabalhoso. Os custos finais de uma arma com um desses aços, de boa qualidade, seriam demasiado elevados, para lâminas no tamanho de uma espada. Além disso, o processo torna-se redundante, quando se tem um aço 99,99% puro à disposição. As dobras não irão torná-lo ainda mais forte que já é. Esse recurso era útil antes da siderurgia moderna. Na prática, os aços dobrados e de damasco, que vemos atualmente, são feitos com combinações de aços macios demais, e apresentam muitas falhas de manufatura.

TODOS OS NOSSOS PRODUTOS SÃO PARA PRONTA ENTREGA!!!

O comprador pode retirar o produto em mãos, e se certificar da qualidade do mesmo!!!

Produtos para pronta entrega, postados em até 24 horas úteis (ou no mesmo dia, se houver tempo hábil).

Esperamos sua compra!!! Ave CÆSAR!!!

Esse texto é propriedade do Mercado Romano®. Pode ser reproduzido no todo ou em partes, desde que para fins não comerciais, e citando a fonte.

Palavras chave: espada, katana, wakizashi, ninjato, samurai, ninja, kendo, kenjutso, iaido, iaito, nihonto, japão.

Escrever um relato

Seu Nome:


Sua opinião: Nota: HTML não é traduzido!

Nota: Ruim            Bom

Entre o código na caixa abaixo: